quarta-feira, maio 06, 2009

iman

Uma declaração de guerra é como uma declaração de amor. Estamos em pé de igualdade com o inimigo, quando nos elevamos ou rebaixamos fazemo-lo em função do outro.

2 comentários:

jw disse...

Em pé de igualdade? No amor? Na guerra? Onde?

Ginger disse...

no Amor: desde que tenhamos consciência da aplicação da retórica ao erotismo está tudo bem... ?!
desde que não nos esqueçamos que o outro é o inimigo... eh eh... com quem tentamos colaborar na elaboração de políticas da amizade e do prazer...

na Guerra: a diplomacia é uma actividade árdua porque nunca neutra...e as ideias de castigo e recompensa dois grandes campos minados...

a igualdade pressupõe um confronto entre duas entidades de pé e frente a frente, todos os ângulos enviesados são cobardia... tal como matar um homem pelas costas...

não sei... talvez não perceba nada disto...mas acredito na política da igualdade.