segunda-feira, junho 05, 2006

Koichi e Akiko



Koichi chega a casa depois de um dia de trabalho. Akiko, a mulher, espreita da cozinha.

KOICHI - Chegaste cedo?
AKIKO - Agora mesmo. O que é que trazes aí?
KOICHI - Olha...
AKIKO - O quê?!
KOICHI - Michiko trouxe o dinheiro?
AKIKO - Ainda não.
Porque é que tens esses tacos de golfe?
KOICHI - Não são caros.
AKIKO - Compraste-os?
KOICHI - Pagarei mais tarde.
Um amigo do Miura vende-mos. Estão como novos. É uma ocasião extraordinária.
AKIKO - Vais comprá-los? Onde é que vais arranjar o dinheiro?
KOICHI - Não te preocupes. Pedi um pouco mais emprestado ao meu pai.
AKIKO - Quanto é que pediste?
KOICHI - 50.000 ienes.
AKIKO - É acima das nossas possibilidades. Tu esbanjas demasiado dinheiro.
KOICHI - Estás a exagerar.
AKIKO - Não, tu gastas muito. Nestes tempos, eu privo-me de tudo.
KOICHI - Tarde demais.
AKIKO - É preciso devolvê-los.
Um pequeno empregado mal pago como tu não joga golfe.
À noite estás sempre cansado. Dormes o tempo todo.
Deixa-te dessa ideia do golfe.

O Gosto do Sake de Yasujiro Ozu

Sem comentários: